Busca Avançada
Informações e vendas: (62) 3240-2300
Busca avançada
Portal do corretor Portal do cliente

Blog

Home    /    Os benefícios do planejamento familiar a curto, médio e longo prazo

Dicas

06/09/2019

Os benefícios do planejamento familiar a curto, médio e longo prazo

Quais são os sonhos da sua família e o que você tem feito para transformá-los em realidade? Essa pergunta pode soar direta demais, mas a verdade é que não deveria. Afinal, todo mundo tem sonhos e deve correr atrás deles, concorda? 

No entanto, muitas famílias acabam tendo dificuldades para colocar esses sonhos em prática por diversos fatores, principalmente no que diz respeito ao aspecto financeiro. Pensando nisso, selecionamos algumas dicas para te ajudar a montar um planejamento familiar estabelecendo metas a curto, médio e longo prazos. 

Benefícios do planejamento familiar

Quando você estabelece os objetivos e as metas para alcançar cada um deles fica muito mais fácil manter o foco para tirar os planos do papel - ou da planilha. Por isso é muito importante delimitar um planejamento de forma clara e condizente com a realidade da sua família. 

Entenda sua realidade

Antes de qualquer coisa, o primeiro passo para iniciar um bom planejamento familiar é entender qual é a realidade financeira da família. Esquematizar a renda familiar, os gastos fixos e supérfluos e também entender como anda a saúde financeira é imprescindível. 

Nesse passo será possível detectar maus hábitos financeiros e ficará mais fácil não só seguir às próximas etapas do planejamento familiar mas também melhorar a saúde financeira como um todo. 

Defina os objetivos e sonhos

O próximo passo para ter seu planejamento familiar é definir quais são os principais sonhos, aspirações e necessidades da família. Poupança para a faculdade dos filhos, viagem com o (a) esposo (a), trocar o carro ou comprar a casa própria são alguns exemplos que podem ser as marcas iniciais do seu planejamento. 

Definir esses objetivos te auxilia a entender o que você precisa fazer para alcançar cada um deles. 

Classifique as metas por prazo

Após definir quais os sonhos e objetivos da família, o próximo passo é montar um planejamento dividido por tipos de metas, nesse caso, de curto, médio e longo prazo. 

Curto prazo

As metas que precisam de 1 ano ou menos para se realizarem são classificadas como sendo de curto prazo. Pode ser aquela viagem do fim de ano, o início da sua pós-graduação ou aquele curso de extensão. 

Médio prazo

A viagem internacional, a troca do carro ou a compra do novo imóvel são exemplos de projetos que podem levar de um a cinco anos para serem concluídos. 

Longo prazo

Quando são voltados para mais de cinco anos do futuro, como por exemplo a educação dos filhos, classifique os projetos como sendo de longo prazo. 

Monte planos de ação

Apenas depois que você entender sua realidade financeira, delimitar os sonhos, aspirações e necessidades familiares e classificar por prazos é que vai pensar no plano de ação. 

Portanto, com o planejamento familiar classificado por curto, médio e longo prazos fica muito mais fácil montar um plano de ação claro e executável para a sua família. 

Fique ligado em nosso blog para conferir nossas novidades, tendências do mercado imobiliário, novos negócios, dicas de imóveis, economia e investimentos. Siga-nos nas redes sociais Facebook, Instagram,LinkedIn e Youtube.

Voltar