Informações e vendas: (62) 3240-2300
Portal do corretor Portal do cliente

Blog

Mais lidas

Home    /    Juros baixos saiba como é possível não adiar o sonho da casa própria

Mercado Imobiliário

01/06/2020

Juros baixos: saiba como é possível não adiar o sonho da casa própria

Hoje o Brasil vive uma série de oscilações e disso todos nós já sabemos. Por conta da pandemia, houve uma diminuição na decisão de compra de milhares brasileiros. Porém, ainda existem bons motivos para você não adiar o sonho da casa própria, como os juros baixos e novas linhas de crédito. No artigo de hoje, abordaremos alguns fatos que mostram que adquirir um imóvel ainda neste ano pode ser um bom negócio. Continue a leitura.

Juros imobiliários baixos mantém o interesse

A taxa básica de juros (SELIC) em sua mínima histórica de 3%, e a perspectiva que os efeitos econômicos da crise da Covid-19 diminuam, são pilares motivadores para que investidores continuem de olho no mercado imobiliário.

Sempre vale a pena reforçar que os investimentos com ativos reais, como imóveis, tem como uma das principais vantagens a segurança. É comprovado que investir em imóveis é algo que fará com que seus investimentos não sejam diretamente afetados mesmo em crises financeiras e/ou queda na bolsa de valores, por exemplo.

As pessoas precisam de moradia, um local para trabalhar, ir ao banco, academia, shopping, etc. Ou seja, sempre haverá uma procura por imóveis. Por que não investir nisto?

Linhas de crédito e lançamentos imobiliários

No começo da pandemia do coronavírus, a Caixa Econômica Federal (CEF) disponibilizou R$ 43 bilhões em novas linhas de crédito e um prazo de carência de seis meses para o pagamento deles, seja para pessoas físicas como para empresas, incentivando para o setor não esfriar.

Outros dados importantes apurados em abril deste ano e que nos levam a ter esperança no mercado imobiliário, é que os lançamentos não param. Somente neste ano, imóveis novos obtiveram 70% de ofertas, 80% em visitas, 75% de concretização de novas vendas e um total de 80% de vendas. (ADEMI-RJ)

Novas exigências aumentam e personalizam a procura

Segundo o Portal  Imovelweb, os brasileiros estão procurando casas com mais cômodos, quintal, apartamentos com varanda e espaço para escritório, ou seja, imóveis maiores e mais espaçosos.

Outro ponto considerável é a localização dos bairros, que devem conter comércio próximo (68% dos ouvidos na pesquisa disseram que esse ponto é o mais importante), ambientes bem divididos (63%), com varanda (57%) e com vista desimpedida (55%).

Dito isso, é nítido que essa diferenciação repentina no perfil de busca é diretamente relacionada à necessidade das pessoas de terem mais espaço dentro de casa, por conta do distanciamento social. Seja para trabalhar em home office ou mesmo cultivar a própria horta no jardim de casa, sabemos que este novo perfil de comprador chegou para ficar.

Dica para fazer um bom negócio

Está entre as pessoas que procuram comprar um novo imóvel ainda neste ano? Nossa dica para fazer um bom negócio é ser uma pessoa curiosa. Pesquise, procure, pergunte… Se dedique a encontrar um imóvel ideal que supra todas suas necessidades e que caiba no seu orçamento. Hoje, diversas construtoras, incorporadoras e imobiliárias facilitam os meios de como adquirir a casa própria. Quer saber mais sobre as formas de pagamentos de imóveis? Confira aqui.

Não adie o sonho da casa própria

Atualmente a Adão Imóveis possui amplas opções para quem busca um local para morar ou investir. Lotes, condomínios horizontais e verticais, apartamentos, entre outros. Se você já está planejando investir em algum imóvel na capital, confira os 8 melhores bairros para morar em Goiânia e acerte na escolha do bairro. Você tem alguma dúvida sobre qual imobiliária escolher para realizar o seu sonho? Descubra por que optar pela Adão Imóveis na compra lendo este artigo.

 

Continue ligado em nosso blog para conferir outras novidades do mercado imobiliário, dicas, tendências e notícias do grupo Adão Imóveis. Siga-nos também nas redes sociais Facebook e Instagram.

 

Fonte: Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário/ Portal Imovelweb.

Voltar